Posts na categoria Sem categoria

Purê de Batata Doce com Peixe Crocante

Batata Doce é atualmente um dos alimentos que os adeptos a uma alimentação balanceada mais procuram incluir na rotina do dia a dia.

purê de batata doce com peixe crocante

purê de batata doce com peixe crocante

A batata doce é uma grande aliada do emagrecimento, pois possui baixo índice glicêmico. É também um carboidrato complexo, importante fonte de energia e ainda supera diferentes tubérculos em vários nutrientes como retinol, vitamina B1, vitamina C e cálcio.

Comparada a outras opções de carboidratos, como a mandioquinha e a batata inglesa, a batata doce possui mais fibras, potássio, fosforo e proteína, que auxiliam no controle do colesterol e da diabetes.

Além dos benefícios à nossa saúde, a batata doce é uma delicia! Pode ser preparada de diversas formas, frita, assada, cozida, no escondidinho, no purê e em outras formas, inclusive em diferentes doces.

Hoje sugerimos que o purê de batata doce acompanhe um crocante e leve filé de peixe assado. Sabores que se completam e um ótimo contraste de textura, realmente uma combinação saborosíssima! Vamos a receita:

Ingredientes

Para o peixe crocante:
– 800g de filé de peixe branco(Tilápia, Pescada, Linguado, Abadejo, Badejo, Merluza Austral, ou outro da sua preferência)
– Sal e pimenta do reino a gosto
– Suco de meio limão
– 1 xícara(chá) de torrada já moída(aquelas industriais serve) ou de pão amanhecido moído(quase uma farinha de pão)
– 1/2 colher(café) de sal
– 4 colheres de sopa de azeite
– 1/3 xícara(chá) de cheiro verde
– 1 colher(sopa) de alho granulado
– rapas da casca de um limão(siciliano ou taiti, a gosto)

Para o purê de batata doce:
– 3  unidades médias de batata doce
– 1 xícara(chá) da água do cozimento da batata doce
– 2 colheres(sopa) de manteira gelada
– 1/2 colher(chá) de sal

 

Modo de preparo

Peixe crocante:
1- Tempere os filés de peixe com o sal, pimenta do reino, o suco de limão e deixe marinando por pelo menos 2 horas.
2- Em um recipiente a parte, misture os outros ingredientes secos, por fim acrescente o azeite e misture bem até formar uma farofa.
3- Em uma assadeira com papel alumínio na base, espalhe azeite e coloque o peixe nela, sobre o peixe coloque a mistura feita e pressione um pouco para aderir.
4- Leve ao forno pré aquecido a 180º por uns 10 minutos, ou até a casquinha estivar dourada e o peixe cozido.

Purê de batata doce:
1- Lave, seque e descasque a batatas-doce. Corte em rodelas grossas e transfira para uma panela média. Cubra com água e tempere com ½ colher (chá) de sal.
2- Leve ao fogo alto e assim que ferver, deixe cozinhar por cerca de 20 minutos, ou até ficarem macias – para verificar, espete com um garfo.
3- Desligue o fogo e reserve 1 xícara (chá) da água do cozimento. Escorra a batata doce por uma peneira.
4- Volte a batata doce, ainda quente, para a mesma panela e bata com um mixer até ficar bem liso. Acrescente, aos poucos, a água do cozimento para dar o ponto. Se preferir um purê mais rústico, passe a batata doce por um espremedor.
5- Junte a manteiga e mexa bem com uma espátula até derreter e o purê ficar cremoso. Prove e se necessário, tempere com mais sal. Sirva a seguir

Na hora de servir experimente harmonizar esse peixe crocante com purê de batata doce a um delicioso vinho branco. Bom apetite!

Lapesca, cada dia melhor.
www.lapesca.com.br

Truta inteira assada com ervas e limão siciliano

Hoje vamos aprender a preparar uma Truta inteira assada com ervas e limão, um prato perfeito para esse inverno.

Truta inteira assada com ervas e limão siciliano

Truta inteira assada com ervas e limão siciliano

A Truta inteira é um peixe extremamente saboroso, com bom teor de gordura e uma carne clara.

Alem disso a Truta inteira é uma das melhores fontes de ômega-3 (500 a 1.600 mg em cada filé de 100 g). Possui vitaminas do complexo B (B1, B3, B5 e B6), bem como de potássio e fósforo. Também tem vitamina D que é essencial para a saúde dos ossos e do sistema imunológico.

Seu sabor agrada aos mais distintos paladares e esse prato de Truta inteira assada pode ser a estrela de um jantar a dois, ou até mesmo uma grata surpresa em um almoço de família.

 

Ingredientes

Truta:

  • 4 unidades de truta inteira limpa Lapesca
  • 2 limões-sicilianos
  • 1 cabeça de alho
  • 1 pimenta dedo-de-moça
  • 1 maço de tomilhos frescos
  • 1 maço de alecrins frescos
  • Sal (a gosto)
  • Pimenta-do-reino (a gosto)
  • Azeite

Molho de ervas:

  • 1 e ½ copo de creme de leite fresco e gelado
  • ½ limão
  • Dill picado (a gosto)
  • Salsinha picada (a gosto)
  • Alecrim picado (a gosto)
  • Tomilho picado (a gosto)
  • Sal (a gosto)
  • Pimenta-do-reino (a gosto)

Modo de preparo

Como preparar a truta:

  1. Lave bem a truta inteira em água corrente. Seque os peixes em um pano limpo.
  2. Corte o limão-siciliano em rodelas não muito grossas.
  3. Corte uma cabeça de alho ao meio, na horizontal.
  4. Corte uma pimenta dedo-de-moça ao meio.
  5. Coloque as rodelas de limão dentro da truta.
  6. Acrescente alguns galhos de tomilho e alecrim deixando-os encostados na carne do peixe, com o limão no meio (entre os temperos).
  7. Coloque a truta inteira em um recipiente grande.
  8. Por cima, acrescente o alho, a pimenta e mais um pouco destas mesmas ervas.
  9. Cubra com um papel filme e leve à geladeira.
  10. Deixe marinando da noite para o dia.
  11. Na hora de servir, descubra o recipiente e retire todos os ingredientes que estavam por cima das trutas.
  12. Regue-as com azeite dos dois lados e coloque-as em uma grelha bem quente.
  13. Deixe grelhar e quando estiver boa de um lado, vire-as cuidadosamente, para que o outro lado grelhe.

Preparar o molho de ervas:

  1. Em uma vasilha, acrescente o creme de leite fresco (e gelado!) e o suco de meio limão.
  2. Bata bem até formar um purê (dar uma engrossada). Pode ser batido na mão ou em uma batedeira.
  3. Acrescente o dill, a salsinha, o alecrim, o tomilho, o sal e a pimenta-do-reino e misture bem.
  4. Sirva esse molho sobre deliciosas batatas assadas ou fritas.


Bom apetite!

Lapesca, cada dia melhor.
www.lapesca.com.br

4º Festival do Camarão Rosa

Nesse mês de Agosto em comemoração ao Dia dos Pais, nós trazemos o 4º Festival do Camarão Rosa.

Prepare um belo e saboroso prato de Camarão Rosa para o seu Pai nesse Dia dos Pais.

4º Festival do Camarão Rosa

4º festival de camarão rosa da Lapesca

Não sabe qual receita fazer? Veja essas opções que separamos para você:

Bobó de Camarão
Camarão Crocante
Risoto de Camarão com aspargos
Spaghetti ao Molho de Camarão

Acesse e garanta já o seu Camarão Rosa a um preço realmente incrível!!!

Lapesca, cada dia melhor.
www.lapesca.com.br

Bacalhau Espiritual

Hoje vamos aprender a preparar um delicioso bacalhau espiritual, um prato muito saboroso, cremoso e que com certeza irá agradar seus convidados.

Vamos a receita desse bacalhau espiritual?

Ingredientes:Bacalhau-Espiritual
750g de bacalhau dessalgado e desfiado
1L de leite
6 gemas
250g de creme de leite fresco
2 dentes de alho socados
6 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 cenoura média ralada
1 cebola grande ralada
200g de manteiga
100g de margarina
2 colheres (sopa) de azeite
1 xícara de biscoito cream cracker esfarelados
1 xícara de queijo parmesão ralado

Modo de preparo:
1- Em uma panela, doure 100g de manteiga com a farinha de trigo, mexendo bem com uma colher de pau até dourar.

2 – Acrescente 700ml do leite e continue a mexer sem parar, em fogo brando, até obter um creme espesso e cozido, sem caroços. Para isso, opte por mexer usando um fouet ou batedor de arame. Desligue o fogo assim que ferver e reserve.

3 – Misture 6 gemas no leite que sobrou(300ml), passe numa peneira e junte ao creme cozido.

4 – Acrescente o creme de leite e o queijo parmesão ralado, corrija o sal, se necessário, e retire do fogo quando começar a ferver.

5 – Em uma outra panela, refogue a cebola e o alho em 100g de manteiga.

6 – Retire o excesso de água da cenoura ralada para, em seguida, misturar ao refogado. Junte o azeite e o bacalhau, e misture bem.

7 – Coloque o creme na mesma panela e incorpore ao bacalhau refogado.

8 – Por fim, disponha um pouco de azeite em um refratário, coloque o bacalhau cremoso e salpique queijo parmesão, os crocantes de biscoito cream cracker e pedaços de manteiga.

9 – Deixe no forno por 20 minutos a 250º. Sirva com arroz ou outros acompanhamentos de preferência.

Viu como é fácil preparar esse bacalhau espiritual?

O Bacalhau para essa e outras tantas receitas você encontra na Lapesca Gourmet

Lapesca, cada dia melhor!

www.lapesca.com.br

 

Bacalhau à Lagareiro

Um dos mais tradicionais pratos portugueses de Bacalhau ! Bacalhau à Lagareiro.

800G DE BACALHAU DESSALGADO
1KG DE BATATAS PEQUENAS
6 DENTES DE ALHO
300 ML DE AZEITE
SAL A GOSTO

1- Começamos por lavar as batatas e com a ajuda de um garfo fazemos pequenos furos para que assem mais depressa. Temperamos com sal e vão ao forno pré-aquecido a 180º cerca de 30 minutos.

2 – Vamos agora picar o alho. e vamos por o Bacalhau numa travessa de ir ao forno regando com azeite e cobrimos com os alhos picados

3 – Vai ao forno pré-aquecido a 180º cerca de 20 minutos.

4 – Entretanto as batatas já assaram e com a ajuda de um pano vamos esmagá-las ligeiramente até que a pele estale.

5 – Durante o tempo que o bacalhau está no forno vá regando sempre com o azeite.

6 – Colocamos as batatas na travessa do bacalhau cobrindo-as também com o azeite do assado — Está pronto a servir!

DELICIE-SE COM ESTE BACALHAU !

Lapesca, cada dia melhor.
www.lapesca.com.br

Lasanha de Camarão

Precisando de uma receita prática e muito saborosa? Experimente fazer essa Lasanha de Camarão!

É a pedida perfeita para o fim de semana!

 

Ingredientes:

  • 1 Unidade(s) massa para lasanha pré-cozida
  • Molho vermelho
  • 2 Colher(es) de sopa óleo
  • 400 Grama(s) camarão pequeno
  • 2 Lata molho de tomate
  • 250 Grama(s) queijo mussarela fatiado
  • Molho branco
  • 2 Colher(es) de sopa óleo
  • 1 1/2 Xícara(s) leite
  • 3 Colher(es) de sopa farinha de trigo
  • 1 Colher(es) de chá tempero completo com pimenta
  • 1 Copo(s) requeijão

Veja o modo de preparo no vídeo!

Camarões Lapesca: http://bit.ly/1n6vXlO

Lapesca Gourmet

cada dia melhor

Lulas Grelhadas

A lula fornece vitaminas e minerais essenciais para o nosso organismo.

Que tal acrescentar no cardápio?

Experimente essa deliciosa receita de Lulas Grelhadas e inove na cozinha hoje!Apresentação sem título (13)

INGREDIENTES

  • 700 g de Lulas Lapesca limpas
  • Sal, limão e pimenta do reino
  • Azeite para grelhar
  • 2 colheres de sopa de alho picado e frito
  • 1/2 xícara de café de vinho branco
  • Salsinha picada

MODO DE PREPARO

  1. Tempera as lulas e grelhe-as numa chapa pré-aquecida ou numa frigideira de fundo grosso
  2. Coloque as lulas e não mexa até que estejam douradas de um lado
  3. Vire-as então, uma a uma, para que não soltem muito líquido (se isso acontecer, elas podem ficar duras)
  4. Se necessário, retire este líquido assim que formar
  5. Quando estiverem grelhadas, acrescente o alho, o vinho e a salsinha.
  6. Sirva em seguida. Bom apetite!

Lulas Lapesca: http://ow.ly/EojIk 

Lapesca Gourmet

cada dia melhor

Paella de Frutos do Mar

A Paella é um prato tipicamente espanhol, mas é possível encontrar variações dessa comida no mundo inteiro.
Confira receita no #BlogLapseca

Frutos do Mar http://goo.gl/QGAvve

Lapesca Gourmet
cada dia melhor

 

Caminho do Dourado do Rio

132_pratadouradot

Pesquisadores estão usando muita tecnologia para proteger um peixe dos rios da Serra da Bodoquena, no Pantanal.

Conhecer o deslocamento do Dourado do rio é o primeiro passo para proteger a espécie. A marcação é para saber como é essa ligação de um ambiente com o outro.

“Entender onde vivem esses peixes, em que época do ano eles estão mais para a região das cabeceiras, mais para a planície e associar isso a ciclos reprodutivos. Para ver o deslocamento, onde eles vivem em determinadas épocas do ano e associar isso a programas de conservação”, aponta José Sabino, biólogo.

Os pesquisadores têm uma licença especial para essa captura. Na caixa água com óleo de cravo, um anestésico natural. O peixe é medido e pesado. O centro cirúrgico é na margem do rio mesmo. O transmissor vem revestido com uma resina biocompatível, protege o peixe de infecções. Os pesquisadores não podem demorar muito, porque o peixe não resiste tanto tempo fora da água.

Enquanto a cirurgia é feita, ele continua recebendo água com uma menor concentração de anestésico e também água pura. Aos poucos eles vão despertando e serão devolvidos ao rio.

A recuperação é feita dentro da água. Meio grogue, ele desperta. O fio na barriga é a antena e emite sinais de rádio.

“Essa marca emite um sinal a cada 5 segundos e nós conseguimos captar o sinal desse peixe, que é codificado, a gente sabe qual indivíduo está ali, naquele momento”, Lisiane Hahn, bióloga.

O monitoramento também é feito de barco. Uma pesquisa semelhante na fronteira com o Uruguai acompanhou peixes por mais de 700 quilômetros a partir do ponto da marcação. Agora esse caminho do Dourado será feito até o Pantanal.