Aquário do Pantanal

Com inauguração prevista ainda neste ano, o Aquário do Pantanal começa a receber exemplares das mais de 300 espécies previstas para o acervo.

Cerca de 600 peixes de 25 espécies diferentes passam por um processo de adequação – Quarentena -na 177248_IMG_3319g5sssede da Polícia Militar Ambiental (PMA), para posterior transferência para o aquário. De acordo com o diretor da empresa responsável pelo projeto científico, Geraldo Augusto, espécies dos quatro cantos do mundo farão parte do maior aquário de água doce da América Latina.

“As espécies que já estão aqui são, na maior parte, proveniente de doações. Algumas já eram criadas em cativeiro e outras estão vindo da fauna natural. A prioridade é receber as espécies da região e por último receberemos peixes vindos da bacia amazônica e de todos os continentes”, revelou.

Para o processo de adaptação destes animais, uma estrutura de aproximadamente 1,5 mil metros quadrados foi montada na PMA. São 40 tanques, mais três de tamanho maior, que abrigam os animais. ”

Até o momento, são utilizados 130 mil litros de água. A previsão é de utilizar 250 mil litros durante a quarentena e 1 milhão de litros no aquário”, explica o biólogo José Sabino, que coordena os cuidados com os peixes. O aquário deve abrigar espécies raras que necessitam de tratamento individualizado. “Por hora, já recebemos alguns exemplares de Pintados Albinos que são uma raridade na natureza.

Mas ainda deve vir muitas espécies raras e o tratamento de todos os animais passa por um processo minucioso, quase que individual. Verificamos temperatura e qualidade da água. Cada espécie precisa de cuidados diferentes e estamos atentos a isso.

Por exemplo, os animais que saíram da natureza agora, continuam recebendo alimentação natural. Os de cativeiro, são tratados com ração”, completou o biólogo. Conforme a empresa Anambi, responsável pelo projeto científico, nenhum peixe morreu durante o transporte, porém, 15 deles, não resistiram à etapa de quarentena e acabaram morrendo posteriormente.

“São animais de pequeno porte e que, provavelmente já apresentavam algum tipo de enfermidade. Não houve tempo hábil para o diagnóstico, mas a estrutura que temos é suficiente para cuidar da saúde dos peixes”, explicou o diretor Geraldo. Além dois peixes, o Aquário também vai abrigar répteis, especialmente os pertencentes à região do Pantanal.

Estes animais chegam por último, tendo em vista, que a grande maioria já é de cativeiro e eles não precisarão passar pela quarentena. Um novo lote de peixes deve chegar no próximo sábado. Conforme o biólogo, serão feitas remessas diariamente e, dentro de duas semanas, o Aquário do Pantanal já terá recebido pelo menos 70% dos animais.

A inauguração oficial ainda será anunciada pelo governador André Puccinelli (PMDB). Segundo os responsáveis pela quarentena, em aproximadamente 20 dias, todos os animais devem ser acomodados em seus respectivos lugares. No total, o Aquário deve reunir cerca de 12,5 mil exemplares de peixes.

Lapesca Gourmet

cada dia melhor

Receba receitas e promoções exclusivas:

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *